Nota de repúdio

Os trabalhadores da educação do PCB vêm a público repudiar a recente investida do vereador Ricardo Nunes (PMDB) contra a equipe pedagógica da EMEF Amorim Lima, instituição reconhecida pelo caráter crítico e inovador das suas práticas escolares. O fato ocorreu no último dia 25, quando a diretoria da referida escola foi aconselhada “sob pena de providências imediatas e contundentes” a suspender uma atividade organizada pelo corpo docente sobre a temática “Gênero e Educação”. Em respostas, a escola e a Diretoria Regional de Educação do Butantã reiteraram tanto a legalidade do evento quanto a sua importância social, baseando-se em numerosas referências à legislação educacional vigente. Felizmente, a atividade foi realizada com a devida tranquilidade e transparência entre os dias 25 e 27 de outubro.

Este ataque não consiste em um fato isolado, tampouco insignificante. Ao contrário, trata-se de um caso paradigmático do momento histórico presente, no qual as forças mais reacionárias da sociedade brasileira, amparadas pelos novos ritmos da acumulação internacional de capitais, procuram se impor sobre todas as esferas da vida social, com claro destaque ao campo educacional que nos últimos anos tem mostrado notória combatividade e capacidade de resistência (veja-se as sucessivas greves de professores e as ocupações estudantis). A intimação de Nunes está situada no mesmo quadro dos projetos “Escola Sem Partido” e de reforma do Ensino Médio, no sentido de serem todos esforços orquestrados para subtrair a capacidade crítica e transformadora das escolas.

Sendo assim, enquanto TRABALHADORES da educação, manifestamos o nosso apoio e a nossa solidariedade irrestrita aos estudantes, docentes e outros profissionais cujas condições de vida e pensamento têm sofrido retrocessos, ameaças e retaliações.

 

Pela liberdade nas escolas!

Pela crítica social transformadora!

Contra a mordaça!

Pelas melhores condições de vida e de trabalho dos profissionais da educação!

Base dos Trabalhadores da Educação do Partido Comunista Brasileiro (BTE-PCB)

31 de outubro de 2016.

About PCB Educação 9 Articles
Trabalhadores da Educação do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Be the first to comment

Leave a Reply